8 coisas perturbadoras que as garotas de programas não tem coragem de dizer aos clientes

A picture taken on October 19, 2013 shows a prostitute at the Boulevard de Suisse in Toulouse, southwestern France. AFP PHOTO / REMY GABALDA (Photo credit should read REMY GABALDA/AFP/Getty Images)

A vida das garotas de programa pode ser recheada de prazer em vários momentos, mas nem só disso se resume o dia-a-dia de quem vive profissionalmente do sexo. Algumas duras realidades da vida dessas garotas ficam obscuras e nunca são reveladas para os clientes.

Ao se relacionar com pessoas mais diversas, as prostitutas devem guardar muita coisa para si e deixar de falar verdades em respeito ao cliente. Além disso, uma colocação mal interpretada pode ser motivo de violência ou má publicidade para a profissional.

Acompanhe algumas coisas que nós  colocamos nessa lista que revelam esses pensamentos secretos das garotas de programa.

1 – Elas são tratadas como nada a maior parte do tempo

1

Para muitas garotas, estar disposta a transar com clientes desconhecidos pode ser um pesadelo. Os clientes podem tratá-las como lixo e achar que não passam de bonecas que eles podem desfrutar para satisfação de seus prazeres sexuais.

2 – As roupas de cama e toalhas dos bordéis nem sempre são higienizadas

2

Em nome da economia, algumas casas de prostituição não trocam as roupas de cama com frequência e não lavam suas toalhas. Depois que os clientes se secam, elas são colocadas num varal para serem devolvidas para os sacos plásticos como se fossem novas.

3 – Transar várias vezes por dia não necessariamente é agradável

3

As garotas de programa podem estar no serviço por prazer e realmente gostarem do que fazem, no entanto, em alguns dias chegar a transar por cinco vezes pode ser um martírio.

4 – Não é porque são garotas de programa que apoiam traição

Descubra como cada signo lida com a traição

Mesmo que sejam a opção de várias pessoas que buscam o sexo pago apesar de estarem num relacionamento, não quer dizer que as garotas de programa acham correto a traição. Em alguns casos, mulheres que fazem programa a três, por exemplo, e depois são contratadas por um dos parceiros sozinho, em segredo, julgam a atitude desleal.

5 – Não estão ali para alimentar seu ego

5

Alguns clientes contratam garotas de programa e esperam ser elogiados e tratados como reis. Apesar de parte do serviço das prostitutas ser agradar o cliente mesmo fora do sexo, elas não estão ali para ouvir histórias ruins, piadas sem graça ou aplaudir seus atos durante a relação.

6 – Fazer sexo não significa dar intimidade

6

Por mais que sexo e intimidade estejam ligados na vida da maioria das pessoas, para as prostitutas pode ser diferente, já que o sexo é um trabalho. Sendo assim, não é porque as garotas estão transando com os clientes que estão dando liberdade para revelar coisas da vida pessoal.

7 – Garota de programa não é escrava sexual

Slavery - Human Trafficking

Tem clientes que confundem a função da garota de programa e acham que ela está ali para satisfazer quaisquer necessidades que ele tenha, mesmo que vá contra as regras dela.

8 – Você tem que cuidar de sua higiene pessoal

8

Não é porque irá transar com uma mulher que talvez nunca mais vá ver, ou alguém com quem você não tem relacionamento que não deve ter dedicação e apreço pelos cuidados pessoais. Apesar de estar sendo paga para fazer sexo, a prostituta não deve ficar feliz por ter que lidar com um órgão genital mal cuidado.

Realmente as garotas de programa tem que lidar com muita coisa difícil nas relações com os clientes. Fica ainda mais complicado se elas não podem nem desabafar sobre isso e precisam lidar com as realidades diariamente.

Escreva Um Comentário