7 mentiras sobre os cães que todo mundo acredita

Eles são parceiros para qualquer momento, te recebem com alegria e abanando o rabinho, quando você chega em casa, e são considerados os melhores amigos do homem.

Abanar o rabo é sinal de felicidade? Por que que os cães comem grama? Focinho seco ou molhado indica o quê? Nossa redação separou para você uma lista com algumas mentiras sobre cães que todo mundo acredita.

Confira:

1  – Abanar o rabo não é sinal de felicidade

IMG_3148-2 (Large)

Essa afirmação não é 100% falsa. Abanar o rabinho pode sim ser um indicativo de felicidade, mas nem sempre este é o caso. Os cães usam suas caudas para expressar diversas emoções pois a cauda tem a comunicação como principal função.

De acordo com hypescience, “Se um cão está tentando demonstrar felicidade, toda a parte de trás do seu corpo geralmente começa a balançar junto com a cauda. Já um cão cuja cauda está de pé no alto e abanando lentamente na verdade está indicando cautela. Se você não estiver familiarizado com o cão, este poderia ser um sinal de alerta para que você mantenha uma certa distância dele.
Se a cauda está abaixada e abanando freneticamente, isso pode sugerir que o cão está prestes a correr ou lutar (dependendo da situação). Felizmente, isso funciona de outra maneira também. Às vezes, quando a cauda de seu cão não está abanando, ele pode apenas estar relaxado.”

2 – Ele está saudável, se o narizinho estiver molhado

dog-613927_960_720

Tanto a umidade quanto a temperatura do nariz dos cães mudam dia após dia, devido a vários fatores.

Um cão com nariz quente e seco pode ser um animal muito saudável quanto aquele que está com o nariz frio e úmido. O que você deve preocupar é com a mudança repentina na fome ou personalidade do seu bichinho.

A falta de umidade ou presença dela em seu cãozinho não indicam, necessariamente, que ele pode estar ou não saudável.

3 – Eles comem grama quando estão doentes

dog-eating-grass-1024x481

Sabe quando você se depara com o seu cãozinho arrancando alguns pedaços de grama? Será que é porque estão doentes?

De acordo com o hypescience, “os cães comem grama devido a uma condição que faz com que os animais tenham vontade de comer qualquer coisa que contenha nutrientes e minerais que estão faltando em suas dietas. Isso também pode ocorrer como resultado de tédio, o que pode levar o seu cão a comer outras coisas bizarras, como lascas de tinta.

Outras vezes, os cães podem comer grama devido a fatores territoriais – como para provar que estão no seu território. Uma explicação mais simples para o comportamento, no entanto, é apenas que os cães gostam do sabor da grama. Como nós, que temos gostos específicos que apreciamos, os cães também têm. Grama pode ser apenas um deles. De qualquer maneira, a ideia de que apenas cães doentes comem grama é um equívoco.”

4 – Cães enxergam cores

como-os-cachorros-enxergam-01

O comentário popular de que os cães enxergam cores é um mito popular. Mesmo que eles não possam experimentar as cores de maneira que os seres humanos experimentam, os cães conseguem sim enxergar algumas cores.

Estes bichinhos conseguem ver as coisas em cima de tons amarelos, violetas e azuis. O que faz com que a visão humana seja diferente da visão dos cães é a presença de uma região central na retina do nosso olho que nos dá capacidade de ver com um detalhamento visual mais perfeito, a fóvea.

5 – Gostam de abraços

72b39044af1f9b9dd6851d963bc8d500

Todo mundo gosta de abraçar os cães, fazer um carinho porque visualizam que este ato é um gesto reconfortante de carinho. Só que eles não interpretam essa atitude da mesma forma que os humanos.

No ponto de vista dos cães, quando damos um abraço em nossos companheiros, estamos mostrando o nosso domínio sobre eles. Mas isso não é universal para todos os tipos de cães e vai depender muito da interpretação e personalidade do seu bichinho.

Se caso ele não aprova um abraço, por exemplo, vai demonstrar isso de forma nervosa e alterando sua linguagem corporal.

6 – Não podem ficar em frente às TVs de tela plana

4861968270_abd91ef646_z

As televisões de tela plana podem fazer mal aos cães. De acordo com o Hypescience, “As antigas TVs de tubo produziam imagens em cerca de 24 quadros por segundo, o que, para nós, parecem imagens em movimento.

Isso porque nós temos uma frequência crítica de fusão de luz vacilante (o número de quadros que precisamos ver em um segundo para perceber um filme como algo contínuo, e não um grande conjunto de imagens paradas) de cerca de 16 a 20 quadros por segundo.”

A frequência aumenta para os cães atingindo cerca de 40 a 80 quadros por segundo. Quando eles estão frente às TVs antigas, enxergam um monte de cintilação. Mas nas TVs modernas, o mito de que eles são incapazes de ver imagens é falso porque eles demonstram reações a imagens em TVs de plasma.

7 – O Tempo de vida é maior, quanto maior o tamanho do cachorro

cachorro-pequeno-porte-2

O que acontece é exatamente o oposto dessa afirmação. Isso quer dizer que quanto maior for o cão, menor o tempo de vida. E quanto menor o cachorro, maior o tempo de vida.

E isso se diferencia com o restante dos animais pois o padrão para as demais espécies é que quanto maior o animal, mais tempo de vida útil e quanto menor o mamífero, menor o tempo de vida.

Exemplo disso é o menor mamífero do mundo que tem uma vida média de 5 a 10 anos e o maior tem um tempo de vida entre 80 a 90 anos. Talvez seja por confundir a estimativa dos animais em gerais com a dos cães que a confusão aconteça.

Você tem um cão em casa? Já ouviu falar de algum destes mitos? Mande seu comentário para gente!

Escreva Um Comentário