5 tendências previstas para o segmento de computadores em 2017

Há algum tempo, muitos especialistas em tecnologia previram que, com o passar do tempo os computadores poderiam perder espaço no mercado. A verdade, porém, é que mesmo com todo o avanço dos smartphones e outros gadgets tecnológicos, o bom e velho computador nunca saiu de moda, aliás, muito pelo contrário.

Em vez de perderem espaço, os computadores ganharam novos recursos e elementos que os tornaram essenciais no dia a dia de muitos consumidores, mesmo aqueles mais afeitos ao uso de smartphones, tablets e afins.

Graças a esse cenário, as previsões tecnológicas para esse ano de 2017 são novamente otimistas nesse sentido. A prova disso é que, segundo especialistas do mercado, existem algumas novidades com grande potencial para se destacarem nos próximos meses. A seguir você confere exemplos. Veja!

Maiores tendências em computadores para esse novo ano

Modelos mais conversíveis

Uma tendência que ganha cada vez mais força no mercado é a dos híbridos, ou seja, os notebooks que podem ser usados como tablets. Uma empresa americana de pesquisa tecnológica apontou que até 2020, pelo menos 31% do mercado de tablets será dominado por esses conversíveis.

Entre os modelos que estão em alta no mercado, destacam-se aqueles como o Lenovo Miix 720, o Dell XPS 2 em 1 e os Chomebooks Pro e Plus, da Samsung. E engana-se quem pensa que esses aparelhos servem apenas para o usuário comum no dia a dia. Especialistas estimam que eles ganhem cada vez mais espaço também no meio corporativo.

Computadores de longo prazo

Especialistas também afirmam que os computadores com hardware licenciado como assinatura, ou seja, a famosa expansão do PC como Serviço (PCaaS), também deve ser uma das fortes tendências dos próximos meses. Quem mais utiliza esse tipo de recurso geralmente são as empresas, que estão sempre interessadas em soluções duráveis.

Realidade Virtual

Os jogos de realidade aumentada (AR) e realidade virtual (VR), também estão ganhando muita força no mercado nos últimos meses. A tendência é que esse tipo de tecnologia comece a se consolidar no mercado já nesse ano, e o que colabora com essa tese é o fato de que também cresce o número de dispositivos compatíveis com as duas novidades.

Exemplo disso é que só na CES foram mais de 50 modelos de headsets orientados às novas tecnologias, e como você deve ter imaginado, muitas empresas já estão apresentando também os seus computadores prontos para receberem essa nova realidade.

Entre os destaques, podemos mencionar os poderosos Acer Predator 21 X, Lenovo Legion Y720, Razer Project Valerie e Alienware, da Dell, mas esses são apenas alguns deles. Essa tendência tem tudo para ir muito longe.

Internet das Coisas

A chamada Internet das Coisas (IoT) vem se tornando uma realidade cada vez mais convidativa. Para quem não associou o termo à coisa, trata-se da conectividade de objetos simples do dia a dia, ou seja, o famoso “tudo inteligente”.

Essa tendência ficou bastante evidente na CES, quando muitos produtos ganharam destaque nesse sentido. Um dos exemplos foi o o alto-falante PJ9, da LG, que conta com ímãs para flutuar no ar e carrega sozinho quando a bateria começa perder carga.

Além disso, chamou a atenção também o robozinho Kuri, da Mayfield Robotics, capaz de reconhecer pessoas específicas, responder perguntas com expressões faciais e realizar tarefas solicitadas, o que inclui tocar música ou acordar alguém de manhã, por exemplo.

Melhores telas

E por fim, outro destaque do ano deve ser um avançl no que diz respeito na qualidade das telas. Isso de certa forma é motivado também pelo crescimento das perspectivas em relação aos jogos e ao VR, por exemplo.

Nesse sentido, devem fazer muito sucesso os modelos de display com três telas, como o Razer Project Valerie, e monitores curvos como o Lenovo Y27g Curved Gaming Monitor, só pra citar alguns.

fonte: http://www.clickgratis.com.br/virtual/tecnologia

Escreva Um Comentário