5 inovações tecnológicas baratas que podem mudar o mundo

raios de bytes

A utilização da tecnologia pela espécie humana começou com a conversão de recursos naturais em ferramentas simples. A descoberta pré-histórica de como controlar o fogo e, mais tarde, a revolução neolítica, aumentaram a disponibilidade dos alimentos. A invenção da roda ajudou os humanos a viajar e controlar seu ambiente.

A evolução dos tempos históricos, incluindo a imprensa, o telefone e a internet, diminuiu barreiras físicas, a comunicação e permitiu que os seres humanos interagissem livremente em uma escala global.A tecnologia tem muitos efeitos. Ele ajudou a desenvolver mais atividades avançadas e permite a ascensão de uma classe ociosa.

Muitos processos tecnológicos produzem subprodutos indesejáveis, conhecidos como poluição, esgotamento de recursos naturais em detrimento da Terra. Conheça a seguir 5 inovações tecnológicas que podem mudar o mundo:

Drones agrícolas

drones agricolas

Os agricultores começaram a usar drones agrícolas com câmeras para melhorar o tratamento e monitoramento de suas colheitas. Os drones permitem aos agricultores uma perspectiva única que imagens de satélite não poderia fornecer. Eles ajudam a expor problemas com a irrigação, a variação do solo e as dificuldades de crescimento das plantas a um custo muito mais baixo do que os métodos usados com uma aeronave tripulada. O sucesso dos drones é possível graças a avanços tecnológicos em módulos GPS, rádios digitais e pequenos sensores.

Smartphones Ultraprivados

celulares inteligentes

Com preocupações sobre a privacidade aumentando a cada dia, em termos de novas tecnologias, já surgiram empresas que oferecem uma maior segurança para os usuários de smartphones. Chamadas de voz, mensagens de texto e arquivos podem ser criptografados com eficiência. A criptografia impede potenciais quebras de segurança e protege os metadados.

Mapeamento Cerebral

mapeamento cerebral

Os neurocientistas têm trabalhado por décadas para entender melhor como o cérebro funciona. Os recentes avanços na tecnologia de mapeamento cerebral fizeram essa tarefa ambiciosa mais fácil. Uma equipe internacional de pesquisadores do “Projeto Cérebro Humano” criaram três atlas tridimensionais do cérebro. A resolução dos mapas é cinquenta vezes melhor do que os anteriores.

O mapa mostra detalhes até 20 micrómetros de tamanho, o tamanho estimado de diversas células humanas. Enquanto este é um enorme avanço, os cientistas ainda têm como objetivo criar um mapa que mostra detalhes em 1 ou 2 micrômetros, em vez de 20.

Chips Neuromórficos

chips

Muitas empresas ao redor do mundo estão trabalhando para quebrar as linhas entre sistemas biológicos e criações feitas pelo homem. A Qualcomm está fazendo passos significativos no desenvolvimento de sistemas de inteligência artificial com o uso de chips neuromórficos.

Esses chips misturam neurologia com tecnologias tradicionais como chips de smartphone. Qualcomm já está testando chips em pequenos robôs que permitem que as máquinas executem tarefas que normalmente requerem um computador personalizado. Os chips podem processar dados sensoriais através de imagem e som, a fim de responder de maneiras que não são explicitamente programadas.

Edição de genoma

edição de genoma

Pesquisadores na China criaram um par de macacos com mutações genéticas específicas. Os cientistas usaram um novo método de engenharia de DNA conhecido como CRISPR. O CRISPR permite aos cientistas modificar óvulos fertilizados. Esta inovação tem grandes implicações no campo da biomedicina.

A capacidade de alterar o DNA em locais específicos dos cromossomas torna mais fácil para estudar doenças que afetam a humanidade. Pesquisadores do MIT demonstraram interesse em estudar distúrbios cerebrais, como autismo e doença de Alzheimer. O CRISPR tem potencial para ajudar os investigadores a estudar tais doenças, o que lhes permite identificar mutações genéticas que realmente causam esses distúrbios.

Escreva Um Comentário